Nos siga por Email

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Sorriso perfeito existe, mas na medida certa, diz estudo




Segundo Nicholas Davis, autor de um estudo sobre o assunto, realizado nos Estados Unidos, a maioria dos sorrisos bonitos e naturais não é necessariamente simétrico e uniforme. Ainda assim, a pesquisa traçou em teoria o que faz com que um sorriso seja perfeito.

O sorriso deve ter pelo menos metade da largura da face. Ao imaginar uma linha vertical dividindo o rosto, chamada de linha média, o lado direito e esquerdo dos lábios devem ser simétricos e igualmente carnudos. Enquanto os dentes incisivos superiores devem ser o traço mais marcante do sorriso, os dentes de baixo não podem aparecer muito. Quem também não deve se destacar é a gengiva que precisa ter tom de rosa pálido.

Outra referência é a proporção áurea – a largura do dente central deve representar 80% de sua altura. Os sulcos que ligam o nariz aos cantos da boca, o espaço entre os dentes e o formato do rosto também são levados em conta. “Com a odontologia minimamente invasiva é possível mexer na gengiva, aumentar lábios finos mudando a posição dos dentes, dar suporte para a região acima do lábio superior. Tudo para atingir um resultado de simetria e harmonização”.

Fonte: Saúde Terra

Se gostou e achou interessante, compartilhe com seus amigos.
Siga-nos no Twitter @ClinicaOzelin e no Facebook: facebook.com/clinicaozelin

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...